Servidores Linux

Qual o principal ativo da minha empresa?

Em muitas organizações, aqui e em todo o mundo, os negócios são viabilizados não pelos seus equipamentos, nem pelo espaço físico de um fábrica ou pela quantidade de pessoas que trabalham dentro e fora dos escritórios. O que sustenta as empresas no mercado, o que garante sua sobrevivência face à concorrência e o que define quem a empresa é e como ela deve agir, é o seu conhecimento sobre o negócio.

O capital intelectual de uma empresa seja a detenção de um know-how sobre a fabricação de um produto, prestação de um serviço ou a capacidade de tomar decisões com base em informações, é o que constrói a base de operação do negócio e sustenta as suas ações no mercado, provendo feedbacks e definindo rumos.

Onde estão as informações da minha empresa?

As informações de uma empresa, pelo menos durante o estágio inicial do seu negócio, estiveram guardadas com os profissionais que compunham seu quadro de funcionários. Em um determinado momento, ficou claro que estas informações deveriam permanecer dentro da empresa, dissociadas das pessoas, que passaram a manipulá-las ao invés de possuí-las.
Esta ruptura objetivava não só o compartilhamento das informações para a execução do trabalho em conjunto, mas também, e principalmente, para garantir a continuidade do negócio, desvinculando a disponibilidade desta informação à do profissional. Hoje, estas informações estão, em sua maioria, armazenadas nos ativos tecnológicos da empresa.
Além disso, muitas destas empresas passaram a confiar à tecnologia da informação a própria viabilização do negócio, baseado na velocidade de ação, na correlação de dados e eventos e no controle da organização. A rede de comunicação é, hoje, a principal ferramenta para a aplicação destas metodologias, visando o melhor funcionamento da empresa.
Dentre estas tecnologias podemos citar: computadores, redes, servidores, acessos à Internet, envio e recebimento de correio eletrônico, transferência de arquivos, acessos remotos, etc. Todas estas tecnologias então lidando com o seu mais valioso bem, a informação.


SLI - Servidor Linux Integrado


1 - Servidor Firewall (IPTABLE)

Firewall é o mecanismo de segurança interposto entre a rede interna e a rede externa com a finalidade de liberar ou bloquear o acesso de computadores remotos aos serviços que são oferecidos em um perímetro ou dentro da rede corporativa. Este mecanismo de segurança pode ser baseado em hardware, software ou uma mistura dos dois.

Três fatores estão em risco quando nos conectamos a Internet, são eles, a reputação, os computadores e as informações guardadas, e três fatores precisam ser resguardados, a privacidade, a integridade e a disponibilidade. Existem situações de riscos como, roubo de conexão depois dela ter sido autenticada, espionagem de dados secretos enquanto em trânsito pela rede e um usuário não autenticado convence a rede que ele foi autenticado.

Ele é o ponto de conexão com a Internet, tudo o que chega à rede interna deve passar pelo Firewall, ele é também o responsável por aplicar as regras de segurança, autenticar usuários, logar tráfego para auditoria e deve limitar a exposição dos hosts internos aos hosts da Internet, entretanto, algumas tarefas não podem ser executadas, como, proteger a rede contra usuários internos mal intencionados, conexões que não passam por ele, ameaças novas, no qual ele não foi parametrizado para executar uma ação.

2 - Servidor Proxy (SQUID)

A função de um servidor proxy é armazenar na Image Link as páginas mais acessadas por nossos clientes de forma a evitar que as mesmas informações precisem trafegar na Internet mais de uma vez.

Outra função é que todo usuário só pode acessar a rede externa (internet) uma vez que tenha permissão para fazê-la e todos os acessos para rede externa são registrados e podem ser acompanhados pelo administrador.

3 - Servidor de E-mail (POSTFIX)

Dentre os vários problemas que atingem o serviço de email, certamente os principais são o SPAM e os vírus. Essa “dupla dinâmica” é capaz de provocar arrepios em administradores de sistemas, os quais freqüentemente precisam investir uma parcela considerável do seu tempo para manter essas “pragas virtuais” o mais longe possível dos seus ambientes de rede. Entretanto, seus efeitos devastadores devem muito aos seus mecanismos de propagação, que na grande maioria das vezes se dá através dos sistemas de email mal-configurados.

De maneira geral, um servidor de email público de sua organização deve ter como principal função recepcionar as mensagens advindas da Internet para os usuários do domínio DNS controlado pelo seu servidor de email. Outra função, nem sempre desempenhada pelo mesmo servidor, é a de encaminhar as mensagens produzidas pelos seus usuários à Internet. Em ambos os casos, caso uma mensagem que não seja de ou para um de seus usuários seja recepcionada, o seu servidor deveria descartá-la, evitando fazer o relay de mensagens não-autorizadas. Através destes “servidores de relay abertos” é que muitos atacantes e spammers difundem suas mensagens pela Internet.

4 - Servidor de Arquivos (SAMBA)

Com o servidor Samba, é possível compartilhar arquivos, compartilhar impressoras e controlar o acesso a determinados recursos de rede com igual ou maior eficiência que servidores baseados em sistemas operacionais da Microsoft.

O Samba é compatível com praticamente qualquer versão do Windows, como NT 4.0, 9x, Me, 2000, XP e Server 2003.

Todo trabalho feito pelo Samba é provido de grande segurança, uma vez que há grande rigor nos controles dos recursos oferecidos. Tanto é que existem empresas que usam o Samba como solução para conflitos existentes entre diferentes versões do Windows.

Como não poderia deixar de ser, o Samba também permite que sua configuração seja feita por meio de computadores remotos. Para os casos mais críticos, o administrador da rede pode até ser notificado de anormalidades por e-mail (para isso é necessário usar um script específico que busca informações nos arquivos de log e cria um arquivo que pode ser enviado via e-mail).

5 - Servidor FTP – Local (FTPD)

Facilitar a distribuição de arquivos o Servidor FTP permite a disponibilização de arquivos na intranet (Rede Local) e na Internet, de forma fácil, rápida e segura.

Facilitar a administração do serviço de FTP Por trabalhar de forma totalmente centralizada, o Servidor FTP facilita o gerenciamento e o controle do serviço de transferência de arquivos.

Reduzir custos com a distribuição de arquivos pela disponibilização de arquivos online evita-se a necessidade de utilização de mídia física e custos de transporte. Com o Servidor FTP os arquivos estarão disponíveis a qualquer horário, dando maior comodidade aos clientes e usuários.

Possibilitar segurança na distribuição de arquivos e informações por meio de um amplo sistema de controle de acesso, o Servidor FTP garante maior segurança na disponibilização de arquivos e informações que sejam restritas.

6 - Servidor de Intranet (Apache)

O servidor Apache é um programa responsável por disponibilizar páginas, fotos, ou qualquer outro tipo de objeto ao navegador do cliente. Ele também pode operar recebendo dados do cliente, processando e enviando o resultado para que o cliente possa tomar a ação desejada (como em aplicações CGI's, banco de dados web, preenchimento de formulários, etc).

7 - Servidor de VPN (PPTPD)

Rede Particular Virtual (Virtual Private Network - VPN) é uma rede de comunicações privada normalmente utilizada por uma empresa ou um conjunto de empresas e/ou instituições, construída em cima de uma rede de comunicações pública (como por exemplo, a Internet). O tráfego de dados é levado pela rede pública utilizando protocolos padrão.

VPNs seguras usam protocolos de criptografia por tunelamento que fornecem a confidencialidade, autenticação e integridade necessárias para garantir a privacidade das comunicações requeridas. Quando adequadamente implementados estes protocolos podem assegurar comunicações seguras através de redes inseguras.

8 - Serviço de Backup

A tarefa de criação de backups é muito importante, como já deve saber, não existe futuro brilhante sem um bom passado. O backup é simplesmente uma solução para um dos problemas mais comuns da no ramo da informática, perca de informação. Neste ramo existem muitos outros problemas dos quais aqui irá saber como, porque, para que proteger sua informação.

Os backups são cópias de segurança que permitem à organização empresa ou usuário estar seguro de que, se uma falha grave ocorrer nos computadores assim como nos servidores, esta não implicará a perda total da informação contida no sistema que, ao contrário do que acontece com o hardware, não é substituível.

Fale com a gente

Tem alguma duvida ou quer saber mais informações ?
Entre em contato com a gente que iremos responder o mais rapido possivel !

Nosso Endereço

RealData Soluções.
Rua Atleticanos, 65 - BH - MG
Telefone: (31) 3381-3381
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Facebook

Veja no Google Maps

Mapa